Acessibilidade | Cores: Normal - Alto Contraste | Tamanho do Texto: Diminuir - Aumentar

Conselho Regional de Psicologia Santa Catarina - 12ª Região



Áreas da Psicologia e atuação do CRP-SC


A formação em Psicologia habilita a(o) profissional para atuar em diversas áreas. Em Santa Catarina, de acordo com a Pesquisa de Mapeamento sobre a Área de Atuação da Psicologia, realizada pelo CREPOP (2017), observa-se uma predominância de psicólogas(os) atuando em Políticas Públicas nas áreas da Saúde e Assistência Social, bem como em Consultórios de Psicologia  e como Docentes em Instituições de Ensino Superior.

Abaixo estão correlacionadas as Comissões, Eixos, Núcleos e Grupos de Trabalho (GT) do CRP-12 às Áreas da Psicologia.

Psicologia e Clínica

GT Clínica - GTC

GT Avaliação Psicológica – GTAP

Materiais de Referência:

Resolução CFP Nº 010/00 – Específica e Qualifica a Psicoterapia como Prática do Psicólogo

Resolução CFP Nº 002/03 - Define e regulamenta o uso, a elaboração e a comercialização de testes psicológicos e revoga a Resolução CFP Nº. 025/01


Psicologia e Relações Étnico-Raciais/ Psicologia e Questões da Terra

GT Interinstitucional Povos Indígenas – GTIPI

Materiais de Referência:

Psicologia e Povos Indígenas. 2010. 250p.       

Resolução CFP Nº 018/02 - Estabelece normas de atuação para psicólogos em relação a preconceito e discriminação racial


Psicologia, Gênero e Sexualidades/ Psicologia e Questões LGBT

GT Gênero e Sexualidades – GTGS

Materiais de Referência:

Psicologia e Diversidade Sexual: desafios para uma sociedade de direitos. 2011. 244p.

Resolução CFP Nº. 001/99 – Estabelece normas de atuação para psicólogos em relação à questão da orientação sexual


Psicologia e Educação/ Psicologia e Formação Acadêmico-Profissional

Eixo Educação

GT Psicologia e Ensino - GTPEN

GT Política Nacional de Educação Permanente e Gestão de Saúde - GTPNEP

Materiais de Referência:

Psicologia Escolar: Que Fazer é Esse? 2016. 215p.

Recomendações de práticas não medicalizantes para profissionais e serviços de educação e saúde 2015: grupo de trabalho educação e saúde do fórum sobre medicalização da educação e saúde. 2015.

Por que somos contrários à redução da maioridade penal? 2015. 168p.


Psicologia e Direitos Humanos/Psicologia Social e Comunidade

Comissão de Direitos Humanos

GT Participação e Controle Social – GTPCS

Materiais de Referência:

Coleção: Laicidade, Religião, Direitos Humanos e Políticas Públicas. Volume 1. 2016. 276p.

Direitos Humanos? O que temos a ver com isso? 2007. 174p.

Controle Social: Orientações aos cidadãos para participação na gestão pública e exercício do controle social. Coleção Olho Vivo. Brasília, DF, 2012. 47p.


Psicologia e Esporte

GT Psicologia do Esporte – GTPES


Psicologia e Saúde/Saúde Mental

Eixo Saúde

GT Álcool e outras Drogas - GTAD

GT Práticas Integrativas Complementares - GT PICs

GT Interinstitucional sobre Saúde Suplementar

Materiais de Referência:

Referências Técnicas para a Atuação de Psicólogas(os) em Políticas Públicas de Álcool e outras Drogas. 2013. 88p.

Suicídio e os Desafios para a Psicologia. 2013. 152p.

Práticas Profissionais de Psicólogos e Psicólogas na Atenção Básica à Saúde. 2010. 76p


Psicologia e Assistência Social

Núcleo Estadual de Psicologia na Assistência Social – NEPAS

Materiais de Referência:

Nota técnica com parâmetros para atuação das (dos) profissionais de psicologia no âmbito do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). 2016.  

Orientações sobre a prática profissional no SUAS quanto ao Transborde da Justiça. 2015.


Psicologia e Mundo do Trabalho/Psicologia e Organizações

Eixo Psicologia Organizacional e do Trabalho

Materiais de Referência:

Psicologia Crítica do Trabalho na Sociedade Contemporânea. 2010. 144p. (incluir também no site-publicações – livros)

Saúde do Trabalhador no âmbito da Saúde Pública: Referências para a Atuação do(a) Psicólogo(a). 2008. 74p.


Psicologia e Justiça/ Psicologia e Segurança Pública

Eixo Psicologia na Relação com a Justiça

Materiais de Referência:

O trabalho da(o) psicóloga(o) no sistema prisional: Problematizações éticas e orientações. 2016. 170p. 

O louco infrator e o estigma da periculosidade. 2016. 356p.

Cabe destacar que o CRP-12 também possui uma Comissão de Políticas Públicas, na qual se vincula o Centro de Referência Técnica em Psicologia e Políticas Públicas (CREPOP). O CREPOP realiza pesquisas sobre a prática profissional das(os) psicólogas(os) em diversos contextos, visando a elaboração de Referências Técnicas para atuação da Psicologia. As Referências Técnicas podem ser acessadas em:  http://www.crpsc.org.br/referencias-tecnicas.

Outras referências importantes para atuação da(o) psicóloga(o), são as Resoluções produzidas pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP) e pelo CRP-12. Estas podem ser acessadas em: http://www.crpsc.org.br/resolucoes-1.