Acessibilidade | Cores: Normal - Alto Contraste | Tamanho do Texto: Diminuir - Aumentar

Conselho Regional de Psicologia Santa Catarina - 12ª Região



Como obter Título de Especialista


Como pode ser obtido o título de Especialista?

O registro profissional de especialista é fornecido pelo Conselho Regional no qual a/o psicóloga/o tem sua inscrição principal. Cabe à Plenária do CRP a aprovação da concessão do título profissional de especialista. Para habilitar-se ao Título de Especialista e obter o registro, a/o psicóloga/o deverá estar inscrita/o no Conselho Regional de Psicologia há pelo menos 02 (dois) anos e atender a um dos requisitos abaixo:

Ter certificado de conclusão de curso de especialização credenciado pelo CFP; 

Ter certificado ou diploma de conclusão de curso de especialização reconhecido pelo MEC;

Ter sido aprovada/o no exame teórico e prático, promovido pelo CFP, e comprovar prática profissional na área por mais de 2 (dois) anos.

Ter experiência profissional, igual ou superior há 5 anos, possibilidade esta em vigor apenas para a especialidade em AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA, com prazo estendido até o dia 31/12/2020, conforme disposto na Resolução CFP nº 009/2020.

 

Destacamos que o título de especialista em Psicologia é uma referência sobre a qualificação da/o psicóloga/o, não se constituindo condição obrigatória para o exercício profissional.

 

Documentação e Procedimentos 

Os documentos básicos para solicitação do título de especialista diferem segundo a modalidade requerida:

1)       Curso credenciado ou reconhecido pelo MEC:

a)       Formulário relativo a curso credenciado ou reconhecido pelo MEC;

Observação: os formulários devem ser preenchidos de modo a requerer apenas os títulos conferidos pelo Sistema Conselhos. Saiba quais são os títulos CLICANDO AQUI. Além disso, é necessário que seja preenchido um formulário para cada título requerido. Caso tenha dúvidas, entre em contato com a Secretaria da Comissão de Análise do Título de Especialista.

b)       Cópia autenticada do certificado de conclusão do curso e histórico escolar;

c)       Cópia simples da Cédula de Identidade Profissional (CIP);

d)       Formulário de atualização de dados cadastrais.

2)       Aprovação em concurso de provas e títulos:

a)       Formulário relativo à aprovação em concurso de provas e títulos;

b)       Resultado da homologação do concurso;

c)       Documentos solicitados conforme edital do concurso;

d)       Cópia simples da Cédula de Identidade Profissional (CIP);

e)       Formulário de atualização de dados cadastrais.

3) Comprovação de experiência profissional igual ou superior há 5 anos – válido somente para a especialidade AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA até o dia 31/12/2020.

Obs: a descrição dos documentos abaixo relacionados está disposta no art. 5º, §§1º, 2º e 3º da Resolução CFP nº 013/2007 (pode ser acessada pelo link que consta abaixo).

a)       Formulário relativo à comprovação do exercício profissional

b)       No caso de Profissional com vínculo empregatício:

Declaração do empregador (Pessoa Jurídica).

c)         No caso de  Profissional autônomo:

            Documentos obrigatórios:

Prova de inscrição no INSS e na Secretaria de Fazenda Municipal (ISS) durante todo o período (3 por ano);

Declaração de três (3) psicólogos regularmente inscritos no Conselho.

Documentos complementares (1 entre os abaixo relacionados):

Declaração do CRP atestando que atuou como responsável técnico por pessoa jurídica;

Pelo menos duas declarações ou cópias contratuais de consultoria realizada na área da especialidade;

Declaração de vinculação pessoal a sociedade científica, associativa ou de formação;

Declaração da condição de conveniado na especialidade, com planos de saúde ou organizações de seguridade social;

Declaração de atividade docente de supervisão de atividades práticas, em curso de psicologia.

Outros documentos que o profissional considere suficientes para atestar a inequívoca especialidade no efetivo exercício profissional.

d)       Cópia simples da Cédula de Identidade Profissional (CIP);

e)       Formulário de atualização de dados cadastrais.

 * Apenas neste caso os documentos podem ser enviados para o e-mail cate@crpsc.org.br ou cate1@crpsc.org.br, em formato PDF, conforme disposto na Resolução CFP nº 009/2020, observados os critérios estabelecidos na Resolução CFP nº 005/2020 (inserir o link), em seu artigo 5º, ou seja, a(o) psicóloga(o) deverá apresentar os documentos originais ou cópias autenticadas, no prazo de 60 dias a partir da data em que o CRP-12 retomar o atendimento presencial.

Na hipótese de o CFP regulamentar nova especialidade, será facultada a obtenção do título por experiência comprovada ao psicólogo que se encontra inscrito no Conselho Regional de Psicologia por, pelo menos, 5 (cinco) anos, contínuos ou intermitentes, em pleno gozo de seus direitos, o qual deverá apresentar os documentos identificados na Resolução CFP 13/2007, comprovando a experiência profissional na especialidade por igual período.

Recebidos os documentos do psicólogo pelo CRP-12, haverá a abertura de um processo de requerimento do título, a análise dos documentos pela Comissão de Análise do Título de Especialista - CATE e, por fim, a decisão do Plenário. Após estes procedimentos, o psicólogo será informado por e-mail acerca da concessão ou não concessão do título de especialista e, na hipótese da concessão, será também orientado em como obter a nova cédula de identidade profissional, onde constará seu título de especialista.

 

Importante:

Poderão ser registrados até dois títulos profissionais de especialidade;

É possível o cancelamento do título, ou substituição por outro, a qualquer tempo;

Não há obrigação de solicitar o título de especialista. É um direito que você tem.


Cursos credenciados pelo Conselho Federal de Psicologia (CFP);

•  Resolução CFP Nº 013/2007.         •  Resolução CFP Nº 003/2016.       •  Resolução CFP Nº 018/2019.